3 de novembro de 2014

maravilhas vencedoras do IPDC 2014-2015

Seven Wonders - Bimal Koley - Dubai


State of Grace - Phillip Bouasse - Canada




Entangled - Aspen Demirdjian - California





Birth of Pearl - Llyn Strong - Carolina do Sul



Nautical Pearl Ring - Mark Schneider - California








Quer ver mais: http://www.cpaa.org/pages/ipdc-competition-winners-2013-2014#Luster

11 de outubro de 2014

um fio que costura a arte do Brasil

Laura Vinci
Ouro – Um fio que costura a arte do Brasil explora a relação do metal precioso – um dos personagens principais da história do Brasil e eterno objeto de desejo no imaginário popular – com a criatividade brasileira. A exposição reúne trabalhos de 30 artistas de diferentes gerações e especialidades. São instalações, desenhos, objetos, esculturas, fotografias, pinturas e joias concebidas por importantes nomes das artes visuais, design, dança, música, arquitetura e paisagismo.Essa mostra é uma maneira de reunir a diversidade criativa do Brasil a partir de um elemento comum que permite um novo olhar para o que foi criado nesse século”, define o curador, Marcelo Dantas.Entre as cerca de 50 obras selecionadas, grande parte é inédita ou raramente vista pelo público. Em conjunto, elas apontam para diferentes abordagens que cada um dos artistas dá para o mesmo material.
Antonio Dias
Nomes que hoje já são referências para a história recente da arte brasileira também fazem parte da mostra, como os estudos sobre mapas de Anna Bella Geiger; as pinturas recortadas de Antonio Dias; os objetos de Cildo Meireles que justapõe materiais menos prováveis, como ripas de madeira barata, fixadas com pregos de ouro; as esculturas de José Resende e Tunga; as pinturas à têmpera com pequenas aplicações de ouro sobre placas de madeira de Mira Schendel e os desenhos de Nelson Felix e Nuno Ramos.Também entre os artistas, os irmãos Fernando e Humberto Campana, conhecidos com seus móveis e objetos feitos com materiais banais, extraídos do cotidiano e traçados de maneira artesanal, apresentam na exposição peças, entre mobiliário e joias, que exploram a nobreza e a luz do dourado. O fascínio pelo ouro também se apresenta nas joias H.Stern presentes na exposição inspiradas na obra do arquiteto Oscar Niemeyer, do paisagista Roberto Burle-Marx, do músico Carlinhos Brown e a companhia de balé Grupo Corpo.
Curadoria: Marcelo Dantas.
Quando: de 12 de outubro de 2014 até 5 de janeiro de 2015.
Onde: Centro Cultural Banco do Brasil - Rio de Janeiro.
Ingressos: entrada franca.
Fonte: http://culturabancodobrasil.com.br/portal/ouro
Imagens: divulgação

5 de outubro de 2014

loot 2014: MAD por joias

... criatividade e arte...

Helen Noakes

A 14ª edição da exposição anual LOOT 2014 traz revelações do design internacional assim como artistas consagrados.
Na exposição, 50 artistas joalheiros de 23 países mostrarão novas tendências e estudos de joalheria contemporânea. Algumas peças estarão à venda.
MAD é o único museu dos Estados Unidos que possui uma galeria dedicada à exibição de joias.

Misun Won

Onde: Museu de Artes e Design - Museum of Arts & Design, New York
Quando: de 6 até 10 de outubro de 2014
Ingressos: http://thestore.madmuseum.org/collections/loot-2014

Annemieke Broenink


Fonte: http://madmuseum.org/loot/loot-2014

21 de setembro de 2014

lindo...desenho de joias



Wooa Kim

os jardins de burle marx por sobral

“Um jardim se faz de luz e sons-as plantas são coadjuvantes”, disse Roberto Burle Marx, o homenageado desta coleção da SOBRAL .
Os  colares, anéis, brincos e braceletes, desta ode que SOBRAL faz ao criador do jardim brasileiro, foram germinados para representar as quatro estações do ano e as plantas que BURLE MARX tanto amava.
 

Pássaro do Paraíso, alemão de ascendência francesa foi acima de tudo brasileiro. Viveu entre bromélias, antúrios, tinhorões, orquídeas, samambaias e passarinhos em seu sítio de Guaratiba, no Rio de Janeiro, onde produzia beleza em seu dia a dia.
O sonho de Sobral é ver homens e mulheres usando a Coleção Burle Marx, gente transformada em jardins de luz e sons que lembrem o mestre Burle Marx, o paisagista de nossas plantas para ele apenas coadjuvantes de cenários de rara beleza. E não esqueçam de visitar a fundação Burle Marx, onde ele viveu.
Fonte: http://www.eshopsobral.com.br/